Tá calor? Vá com o vestido curto ideal para você!

Os vestidos curtos têm sim sua sofisticação e são ótimas opções para usar em dias mais quentes...

Há quem torça o nariz para os vestidos curtos, mas eles são realmente uma ótima alternativa para se usar nos dias mais quentes. Com o modelo certo, você ainda estará sofisticada para brilhar em qualquer festa.


A chave para acertar é conhecer bem o próprio corpo: para poder realçar o que você mais gosta e disfarçar o que não você não faz muito questão que fique em evidência. Tem dúvida do que é melhor para você? Confira algumas dicas!


Mas, lembre-se, são apenas orientações. A escolha final é sempre sua. Você usa o que quiser...mesmo!


Corpo ampulheta


São as mulheres que têm ombros e quadris na mesma linha. Os seios são médios e as curvas mais suaves. Para esse tipo de corpo, o chamado ampulheta, o vestido curto com um decote em V é ótimo para dar aquela alongada na silhueta. Os modelos mais rentes ao corpo ressaltam a sua forma. Frentes únicas e de alcinhas são peças recomendadas.



Seios pequenos e grandes


Quanto às mulheres que têm seios pequenos, mas querem dar a impressão de mais busto, a alternativa é trazer volume justaente para essa área do corpo. Babados na medida, pedrarias, drapeados e outros detalhes que tragam o foco para essa região vão atingir seu objetivo. Já as de busto mais avantajado, a lógica é contrária. Peças com mais sobriedade nessa área deixa o corpo mais equilibrado.



Corpo pera


Seus ombros são menores que o seu quadril? Bom, você tem o corpo pera, assim como a maioria das brasileiras. Para compor um equilíbrio em seu look, o indicado é usar vestidos curtos de cores claras com detalhes que deem mais volume na parte superior, no busto e ombros.



Triângulo invertido


Abusar de babados, drapeados, pedrarias e bordados na parte superior? É o ideal para mulheres com corpos de triângulo invertido. A mulher com esse tipo de corpo pode investir em modelos volumosos na parte de baixo, tipo evasê, com tons escuros na parte de cima do corpo. Os modelos estilo tubinho e trapézio são aqueles que podem ser utilizados sem medo de errar.




Retângulo


O corpo retângulo é sem muitas curvas. Para essas mulheres criar volumes em algumas áreas é uma ótima alternativa para dar aquela sensação de ser mais curvilínea. Vestidos transpassados fazem justamente isso. Além disso, modelos com cintos nos quadris e listras horizontais são uma ótima pedida.


Agora que você já tem todas as dicas fresquinhas na mente, que tal vir escolher o seu modelo arrasador?


Aliás, cadastre-se no formulário abaixo e receba mais notícias quentinhas sobre moda e estilo e receba ainda descontos exclusivos do Atelier Gabriella Zeferino.





DESTAQUES
​ÚLTIMAS POSTAGENS
TAGS
  • Facebook - White Circle
  • WhatsApp - Black Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle
+55 (45) 4100-2535 ou +55 (45) 9 9974-7070
 
R. Rio de Janeiro, 577, Centro
85.801-030, Cascavel/PR
ateliergabriellazeferino@hotmail.com